Região


Congonhas: bairro Alvorada recebeu 1ª Ação Cívico Social



Os moradores do Alvorada tiveram uma manhã de muito entretenimento. A Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura de Congonhas, a CSN e outros apoiadores, promoveu a 1ª Ação Cívico Social (ACISO) no sábado, 21 de abril, no Ginásio Poliesportivo do bairro. A iniciativa, que contou com a colaboração de cerca de 300 voluntários, buscou a integração com a comunidade e a prestação de diversos serviços, entre eles corte de cabelo, atualização de vacinas e aferição de pressão. O prefeito Zelinho, acompanhado do deputado estadual, João Vitor Xavier, também prestigiou o evento.

O dia começou com a apresentação da Banda Musical do 31° Batalhão da Polícia Militar, que executou o Hino Nacional. O Grupo Escoteiro 155 Cidade dos Profetas fez a saudação ao pavilhão nacional. A Fanfarra da Secretaria Municipal de Educação (SME) também esteve presente. O grupo Dez Pras Oito apresentou a peça "Tributo a Dom Silvério". Os moradores se exercitaram com aula de zumba. A criançada se divertiu nas quatro camas elásticas espalhadas no entorno do ginásio e com pintura facial. Foram oferecidos, ainda, algodão doce, pipoca e cachorro-quente.

Durante toda a manhã, foram disponibilizados diversos serviços e atividades. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ofereceram atualização do cartão de vacina; aferição de pressão; pesagem; orientação sobre saúde bucal; entrega de kits de higiene bucal para as crianças; e orientação sobre métodos contraceptivos.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SEDAS) também esteve presente, com equipes do Centro de Referência da Mulher (CRM) e do Conselho Municipal Antidrogas (COMAD), que prestaram orientação à comunidade e apresentaram os serviços oferecidos no Município.

A Associação dos Artesãos, Artistas e Produtores Caseiros de Congonhas e Região (UNIARTE) ministrou uma oficina de reciclagem, que teve adesão de pessoas de todas as idades. Além disso, voluntários ofereceram cortes de cabelo e designer de sobrancelha.

Segundo o major da 73ª Cia. da PM, Sandro Tavares, a Ação Cívico Social promove integração com a comunidade do Alvorada e presta serviços que, muitas vezes, não chegam ao bairro. "Esta ação também está inserida na comemoração dos 20 anos do 31° Batalhão da Polícia Militar. Por isso, nós resolvemos unir esses esforços e fazer uma manhã diferente. A comunidade enxerga a Polícia apenas pelo lado repressivo, mas estamos mostrando que temos muitas formas de trabalho", destacou.

Para o presidente da Associação de Moradores do Alvorada (AMORA), França Andrade, a iniciativa foi positiva. "Estamos satisfeitos por participarmos de um evento em que os envolvidos, principalmente a Polícia Militar, estão em um nível de relacionamento com a comunidade muito bom. Hoje existe um diálogo e um respeito. É um evento importante, que tira do foco a visão preconceituosa, e até racista, que as pessoas têm do bairro", disse.

Quem também aprovou a Ação Cívico-Social foi Juliana Costa, que mora ao lado do ginásio poliesportivo e da creche. Ela elogiou não só o evento, mas também os investimentos do Governo Municipal no bairro: "O evento está muito bom. Nossa rua está movimentada. Meu filho, Iuri, de 2 anos, já pulou na cama elástica e fez pintura facial. IÉ muita boa essa integração. A  creche e o ginásio deixaram a região ótima".

Entre os diversos voluntários e parceiros, estavam presentes também: Rotary, Rotaract, Interact, Igreja do Evangelho Quadrangular 35ª Região, Projeto Resgatando Vidas e Corpo de Bombeiros.

 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 23/04/2018


Comente esta Notícia