Comunidade

Praça Tiradentes tem monumento com relógio parado no tempo

Dando sequência à matéria intitulada, "Pichação, tráfico e abandono destroem monumentos de Lafaiete", publicada na edição de número 1417 do Jornal CORREIO, o semanário, agora se propõe a revisitar os cartões postais da cidade. Nesta edição, o Relógio de Queluz, instalado na Praça Tiradentes é um bem a ser redescoberto. O monumento não possui nenhuma placa de informação e, ainda por cima, está parado no tempo, há anos.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 21 de abril


Notícia enviada por Redao, no dia 20/04/2018




Comente esta Notícia

Galerias

Anunciando a primavera, ipês colorem Lafaiete

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro