Comunidade


Praça Tiradentes tem monumento com relógio parado no tempo



Dando sequência à matéria intitulada, "Pichação, tráfico e abandono destroem monumentos de Lafaiete", publicada na edição de número 1417 do Jornal CORREIO, o semanário, agora se propõe a revisitar os cartões postais da cidade. Nesta edição, o Relógio de Queluz, instalado na Praça Tiradentes é um bem a ser redescoberto. O monumento não possui nenhuma placa de informação e, ainda por cima, está parado no tempo, há anos.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 21 de abril




Comente esta Notícia