Polícia


Pichação, tráfico e abandono detonam cartões postais de Lafaiete



O que seriam verdadeiras obras de arte, ideais para promover a cultura, preservar a história e embelezar a cidade, transformaram-se em um tormento para a polícia, prefeitura e, principalmente, a comunidade ao redor. Alvos de pichações, vandalismo e abandono, muitos monumentos de Lafaiete foram reduzidos a ponto de tráfico e depósito de lixo. Por serem constantemente de­nun­ciados, o Jornal CORREIO fez uma blitz e inicia, nesta edição, uma série sobre o passado e o presente desses marcos. Uma tentativa de despertar o olhar sobre peças de valor, que possuem um significado, por vezes, até desconhecido, e que hoje são penalizadas por duas forças implacáveis: o tempo e o esquecimento.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 14 de abril




Comente esta Notícia