Comunidade


Rede falha e famílias desestruturadas também são abandonadas



Por trás de cada criança colocada no Lar de Maria e Larmena há uma história. E por trás dessas histórias, uma complexa teia de problemas, que parece manter as crianças cada vez mais distantes do conceito de família que todos nós entendemos como essencial. Mas existe algo que pode ser feito para evitar que elas sejam retiradas do convívio com os pais? E depois disso, será que o único caminho é mesmo a adoção? É necessário romper definitivamente os laços e começar uma nova vida longe de tudo e de todos, ou é possível restabelecer os elos? Um olhar sobre essas histórias mostra que não é só a criança que precisa ser resgatada. Que para quebrar esse ciclo de abandono, os pais também precisam ser recuperados. E é nesse ponto que o sistema parece estar falhando mais.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 14 de abril



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 13/04/2018


Comente esta Notícia