Política


No escuro: pen drives da CPI da Iluminação Pública somem e caso é investigado



Está sendo investigado o desaparecimento de pen drives que guardavam dados e áudios colhidos durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Iluminação Pública. A informação foi confirmada pelo presidente da CPI, vereador Pedro Américo (PT). O sumiço dos equipamentos foi percebido durante reunião dos membros da comissão em fevereiro. O fato foi comunicado à Polícia Civil que abriu investigação.       

A CPI foi motivada após várias matérias do Jornal CORREIO relatando o grande número de lâmpadas apagadas e o imbróglio entre a prefeitura e o Consórcio de Administração dos Serviços de Iluminação Pública (Casip).

 Além de Pedro Américo, fazem parte da comissão os vereadores Lúcio Barbosa (PSDB), Fernando Bandeira (PTB), João Paulo Fernandes Resende (DEM) e André Menezes (PR). Apesar do infortúnio, o presidente informou que os trabalhos da CPI continuam em andamento.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 13/03/2018


Comente esta Notícia