Comunidade


Após queixas, juiz condena cartório e põe fim a calvário para registro de imóveis em CL



Uma sentença proferida pelo juiz Paulo Roberto da Silva deve pôr fim ao calvário vivido por empreendedores do setor de construção e imobiliário em Lafaiete. No documento, emitido no dia 23 de fevereiro, o magistrado analisou o mérito da reclamação da empresa Soares Paiva Empreendimentos Imobiliários Ltda. contra a Oficial do Cartório de Registro de Imóveis do 1° Ofício. A decisão é uma resposta às várias queixas de empreendedores feitas ao Jornal CORREIO. No caso julgado, o reclamante de­nuncia exigências impostas pelo cartório que estariam causando prejuízos e transtornos para a efetivação de negócios da em­presa, mais especificamente, envolvendo a venda de propriedades no bairro Belvedere I. A decisão do juiz não só resolveu o impasse, como deve se tornar a base para sanar toda e qualquer pendência do mesmo teor que venha a ser apresentada.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 03 de março



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 02/03/2018


Comente esta Notícia