Polícia


Adolescente resiste a estupro e é morta com golpes na cabeça



Tiveram um desfecho trágico as buscas pela adolescente Kamille de Oliveira Araújo, 16 anos, desaparecida em Piranga na noite de sábado, 17 de fevereiro. Segundo informações fornecidas pela Polícia Militar de Ouro Branco, o corpo de Kamille foi encontrado jogado em um barranco na localidade conhecida como Morro do Vicente, na zona rural da cidade. O suposto autor do crime já se encontra sob a tutela da Justiça: Odair José, conhecido como Dadathy, 25 anos, confessou ter tentado manter relações com a adolescente, e diante da recusa da menor, tê-la matado, golpeando Kamille na cabeça com pedras e um pedaço de pau.
P
reocupada com o paradeiro da adolescente, que não havia retornado para casa na noite anterior, a família mesmo deu início às buscas.  Os pais de Kamille verificaram que na padaria do comerciante H.P.R. havia uma câmera que registrava imagens da rua. Ao assistir ao vídeo, puderam ver que a adolescente havia passado por lá acompanhada de outras duas adolescentes, até que, próximo à descida do morro do bairro Vila do Carmo, entrou em um Fiat Uno de cor escura, com vidros escuros e roda cromada. De imediato, eles suspeitaram de Odair, que possui um veículo com as mesmas características.

O suspeito, então, negou os fatos, confirmando, apenas, que havia estado com a adolescente na noite anterior. No entanto, ele não soube explicar os arranhões que foram notados em seu pescoço. Como os familiares da vítima se mostraram muito exaltados, Odair foi levado até a sede do pelotão da Polícia Militar, onde sua versão inicial foi derrubada. Ao ser cientificado das filmagens e do testemunho das duas menores, que tinham visto a vítima entrar em um carro parecido com o dele, o suspeito confessou o crime.

Odair alegou ter convidado Kamille para dar uma volta e que ela teria entrado no seu carro espontaneamente. Mas que, dentro do carro, teria tentado manter relações sexuais com a vítima. Ao recusar, ela teria dado um tapa no seu rosto, que foi revidado com um soco na face. Odair, então, teria asfixiado a menor e a levado para o Morro do Vicente. Ainda segundo o relato do acusado, Kamille foi arrastada até próximo a um barranco, onde ele usou uma pedra e um pedaço de pau para golpear a vítima na cabeça.  Pau e pedra foram recolhidos pela perícia técnica.
Diante dos fatos, Odair foi preso em flagrante e teve o carro utilizado no crime e seu celular recolhidos. Ele foi removido para o presídio de Lafaiete, diante da comoção da cidade. A equipe ainda recolheu as roupas usadas pelo acusado e que, segundo a esposa do agressor, teriam sido lavadas por ele mesmo durante a madrugada, após ele ter chegado em casa. A polícia constatou que Odair tinha arranhões no lado esquerdo do pescoço, na região do tórax e próximo ao joelho esquerdo, além de escoriações no joelho direito.  O corpo de Kamille foi removido pela funerária Santa Clara para encaminhamento ao Instituto Médico Legal (IML) de Conselheiro Lafaiete. A adolescente está sendo velada em Piranga, onde será sepultada.

 




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 19/02/2018


Comente esta Notícia