Saúde


Acordo evita paralisação no Hospital Bom Jesus



Após matéria sobre a reclamação do corpo clínico do Hospital Bom Jesus (HBJ), de Congonhas, publicada pelo Jornal CORREIO, o prefeito de Congonhas José de Freitas Cordeiro, Zelinho, comunicou um acordo. Ele usou as redes sociais para informar sobre o acerto para o pagamento do pró-labore (remuneração pelo trabalho) atrasado dos médicos da unidade hospitalar. Os profissionais tinham anunciado uma paralisação que iniciaria na quinta-feira, 8 de fevereiro. A decisão foi justificada pela falta de pagamento dos honorários médicos. 

Na terça-feira, dia 6, foi realizada uma reunião entre os médicos do corpo clínico, a comissão interventora, o Instituto Laborare e o promotor de Justiça, Vinícius Alcântara Galvão, para ratificar a decisão tomada. "Com isto, o HBJ seguirá prestando à sociedade congonhense e à região os serviços dentro da normalidade. O hospital agradece o apoio do corpo clínico, que sempre foi o pilar da excelência deste atendimento", comentou o prefeito.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 10 de fevereiro



Escrito por Redação, no dia 09/02/2018