Comunidade

Alunos de Lafaiete ficam a poucos pontos de cravar nota mil na redação do Enem

Apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). O número representa uma queda no total, já que no ano anterior foram 77 notas máximas obtidas na prova. Nesse ano, os candidatos escreveram sobre o tema "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". Apesar de haver menos "notas mil" em comparação com o Enem do ano anterior, o rendimento dos estudantes foi melhor. A nota média da redação passou de 541,9 para 558. Pelo menos dois estudantes de Lafaiete superaram essa marca e conquistaram notas perto de mil.

Um dos excelentes resultados foi conquistado pela aluna Thaís Bellavinha, que estudou no Colégio Apogeu, de Juiz de Fora. A jovem de 18 anos honrou a tradição da família no trato com a língua Portuguesa e alcançou a nota de 960 na redação. "O tema da redação foi difícil por ter sido, extremamente, específico, apesar de ser um assunto muito pertinente, ainda é pouco discutido", comentou, afirmando que vários fatores contribuíram para a nota alcançada, mas sem dúvida, as principais foram o conhecimento transmitido pelo seu professor de redação, sua prática e seu hábito de leitura. "Apesar de ter me esforçado bastante, ainda estava insegura sobre qual seria o resultado", disse, afirmando que pretende passar em alguma universidade federal de medicina.

A rotina de estudo de Thaís também foi intensa, ao longo de 2017. Ela atribui o bom resultado à atenção dedicada ao máximo nas aulas. "Na parte da tarde estudava a matéria que havia sido dada no dia e um pouco para minhas provas escolares, que aconteciam aos sábados. Somando as horas de estudo na escola e em casa, davam uma média de 10 horas por dia, mas não era nada fixo, dependia muito da minha disposição no dia", afirma, revelando que sua amiga, Sophia Gontijo, obteve a mesma nota que ela na redação. 

Para quem vai prestar o exame, futuramente, Thaís aconselha a treinar através de simulados para criar estratégias. "A prova é muito extensa e cansativa, então, é preciso preparar-se para conseguir fazer o máximo de questões. Além disso, criar o hábito de fazer redações toda semana e estudar, mesmo que seja brevemente, o que foi passado na aula todos os dias, pois é preferível que se saiba um pouco de tudo a muito de apenas uma matéria", sugere.

Uma dica que a estudante dá para os que serão pré-vestibulandos este ano, é que não abdiquem de tudo e fiquem apenas estudando. "Manter a saúde mental durante o processo reflete totalmente no seu desempenho na hora da prova. É possível alcançar seus objetivos de forma saudável, conciliando estudos, vida social e horas navegando na internet de forma equilibrada. Não se cobrem tanto e tenham tranquilidade para enfrentar os desafios, afinal não é um ano fácil, mas todos são completamente capazes de aprender a lidar com ele", orienta.

Também destaque no Enem, Luís César Brigolini, 23 anos, cravou 920 pontos na redação. O aluno destacou a capacitação para o exame. "Desde o princípio, ao chegar no Núcleo de Capacitação Camila Viana, fui extremamente bem recebido e direcionado pelos profissionais, tanto a Camila com a gerência, quanto o meu professor Ícaro com as técnicas necessárias para uma boa redação no Enem", afirma.

Camila Viana, jornalista e proprietária do Núcleo, ressalta a sensação de profunda alegria com o resultado. "Acreditávamos e continuamos acreditando que, só por meio de Núcleo e de uma turma menor, conseguiríamos a tão almejada interação entre professor e aluno. É isso mesmo: nossa prioridade é a qualidade, e não a quantidade. E hoje, a sensação é maravilhosa; de missão cumprida; certeza de que estamos no caminho certo.

Ressalto o potencial do nosso aluno, Luís César Brigolini, extremamente dedicado, que não se cansou de praticar, de perguntar e de progredir. Ao seu lado, um também dedicado e competente professor, Ícaro Dias, que não mede esforços para o sucesso dos seus alunos e que veste a camisa do Núcleo de Capacitação Camila Viana", ressalta.

O professor afirmou que o tema da redação foi trabalhado no curso, junto aos vários outros tipos de inclusão, deixando os alunos confortáveis e confiantes para redigir sobre um tema que surpreendeu a maior parte dos candidatos. "Sinto-me realizado como profissional e com sentimento de tarefa cumprida", afirmou o professor.



Notícia enviada por Redao, no dia 08/02/2018




Comente esta Notícia

Galerias

Confira fotos da Festa do Cavalo 2018

Enquetes

T?tulo


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro