Comunidade


Adolescente dá à luz a bebê prematura dentro de ambulância do Samu



Maria Alice Pereira de Souza ainda não completou 10 dias de vida, mas já tem uma história para ser contada. E com direito a fortes emoções. Seu nascimento era esperado para o mês de março, mas parece que ela não podia mais esperar para alegrar a vida de seus pais, a adolescente Emmanuelle Gomes Pereira Almeida e Douglas Pereira dos Santos, 19 anos. Com fortes contrações, a estudante natural de Rio Espera foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no sábado, dia 27 de janeiro. "Eu sabia que o parto seria complicado e que eu teria que ser submetida a uma cesariana, mas não achava que seria prematuro", revelou.

As dores foram se tornando mais fortes e o parto acabou sendo feito na estrada, entre Lamim e Rio Espera, pela equipe do Samu, por volta das 7h20: "Foi um parto difícil. Uma semana antes, o bebê estava sentado. Mas Deus esteve com a gente o tempo todo. Tenho muito a agradecer ao doutor Henrique Laporte Maia, à enfermeira Elaine Paiva e ao motorista, Juan, porque, sem eles, eu poderia não estar aqui. Tenho muito a agradecer a Deus e a eles", revela, emocionada. Apesar da pressa, a pequena Maria Alice terá que esperar um pouco antes de ir para casa. Logo após o parto, a bebê prematura foi levada para um hospital de Barbacena, e até o fechamento desta matéria, permanecia na UTI, mas, em breve, estará nos braços da família.

No mesmo dia, também em Lamim, a equipe do Samu foi responsável por trazer mais um bebê à vida. Essa ocorrência foi atendida por volta das 18h. Neste caso, a criança já havia nascido, segundo informações do solicitante. Quando o Samu chegou ao local, um médico estava acompanhando a gestante. A equipe do Samu ainda foi de grande valia e realizou o clampeamento e o corte do cordão umbilical. Logo em seguida, mãe e criança foram encaminhadas para o Hospital Queluz. A mãe da segunda criança é Adélia Izabel, 24 anos. Ela já escolheu o nome da bebê que se chamará Maria Cecilia.







Escrito por Redação, no dia 06/02/2018