Polícia


Homem é condenado a 14 anos de prisão por agredir e deixar vítima na cadeira de rodas



A maneira brutal como René Hermógenes Alves agrediu Hederson Heleno dos San­tos impressionou o júri e resultou em uma das mais altas penas aplicadas na cidade: 14 anos de reclusão. O acusado foi levado a júri popular na terça-feira, 31 de outubro, para dosar a pena para um delito cometido em 15 de setembro de 2012. Segundo a denúncia, apresentada ao Ministério Público, René agrediu Hederson de frente para uma escola, na rua Joemy Faria, bairro Rochedo (região sudeste). Diante de testemunhas, ele desferiu socos e pisoteou a cabeça da ví­tima, que só escapou da morte por ter sido socorrida a tempo. Mas as sequelas permaneceram:  ca­sado, à época, há apenas 3 anos, ele se viu pre­so a uma cadeira de rodas, com sequelas na fala e outras complicações que o impedem de ter uma vida comum.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 11 de novembro


Escrito por Redação, no dia 10/11/2017