Política


Glaycon apresenta requerimentos para melhorar a segurança do Parque Estadual Serra do Ouro Branco



No dia 25 de outubro, o deputado e presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desen­vol­vimento Sustentável da Assem­bleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Glaycon Franco, apresentou oito requerimentos, sendo três de sua autoria e cinco em conjunto com outros parlamentares da comissão. Nestes requerimentos, foram solicitadas informações diversas, entre elas, as referentes ao Parque Estadual Serra do Ouro Branco. Nas solicitações, o deputado Glaycon pede aos presidentes das empresas Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Vale do Rio Doce, Ferrous e Gerdau, que informem sobre a existência de protocolo de intenções com o Instituto Estadual de Florestas (IEF) para regularização fundiária do parque, por meio da compensação ambiental, uma vez que as empresas possuem áreas no interior do parque.

Sobre esses pedidos, o deputado Glaycon Franco, durante a reunião da comissão, declarou que espera, acima de tudo, que com todas essas medidas, ele possa levar mais segurança para o parque. "Por meio da compensação ambiental, já está tendo aporte financeiro. Estamos cobrando das empresas porque elas possuem mais de 80% das terras do parque. Nós sabemos que as empresas têm condições sim, por meio da compensação ambiental, de entrar em acordo e fazer a regularização fundiária para que possamos dar o pontapé inicial e de fato materializar o parque. Durante a Audiência Pública realizada em Ouro Branco, no dia 06/10, nós tivemos a participação dos representantes das empresas e eles assumiram conosco o compromisso para que possamos fazer a regularização fundiária. Esperamos melhorar o trabalho de segurança do parque", afirmou Glaycon.

Foi apresentado, também, pedido de Moção de Aplauso aos brigadistas voluntários que trabalharam combatendo o incêndio florestal em setembro. Por último, foram pedidas providências ao Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, para o aumento do efetivo da Polícia Militar Ambiental no município de Ouro Branco, de forma a contribuir com a fiscalização das atividades lesivas ao meio ambiente. Todos os requerimentos foram aprovados pelos membros da mesa e, em seguida, encaminhados aos destinatários.


Escrito por Redação, no dia 01/11/2017