Esportes


Em Rondônia, às margens do velho e piscoso rio Guaporé,a Turma dos Ô Quêêê celebra 20 anos de existência



No período de 25 a 31 de agosto, o tradicional grupo de pesca dos "?" Quêêê" celebrou seus 20 anos de fundação em grande estilo, ao aportar nas barrancas e pântanos do belo e piscoso rio Guaporé, no estado de Ron­dônia, que divide o Brasil com a Bolívia. Formado pelos pescadores Adalberto Cordeiro, Alexandre Baeta, Anésio Tavares, Artur Donato, Carlos Mag­no, Cláudio Josué, Donizete Teté, Edilson Rocha, Fábio Ordones, Flávio Augusto, Francisco Stockler, Geovany Rodrigues, Itamar Leite, Jaime Moreno, Jairo Bittencourt, João Pau­lo, José Sil­vestre, Luiz Fernando, Luiz Ra­malho, Mauro Lo­pes, Mauro Topógrafo, Paulo Ro­dri­gues, Rafael Vieira, Ramon Onofre, Raul Tadeu, Ronei Nunes e Valter Alves, o grupo viajou de avião de Con­fins até a cidade de Cacoal e, de lá, mais 260 km de ônibus até as margens do rio Mequéns. Em seguida, a moçada encarou mais 30 minutos de voadeira até a Pousada Águas do Guaporé, na localidade de Porto Rolim.


Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 9 de setembro


Escrito por Rafaela Melo, no dia 08/09/2017