Comunidade

Representantes do estado visitam Lafaiete para viabilizar o APL da Equinocultura

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria Extraor­dinária de Estado de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif) trabalha no reconheci­men­to do Arranjo Produtivo Local (APL) da Equinocultura da cidade de Conselheiro Lafaiete. A informação foi passada pelo subsecretário da Seedif, Pedro Leão, que participou da assembleia da Associação Microrregional dos Municí­pios do Alto Paraopeba (Amalpa) no dia 28. O representante do estado também participou junto ao chefe de gabinete da Seedif, Hebert Levi e de Renato Lisboa de uma agenda com o se­cretário de Governo Dylan Franco e secretário de Desenvolvimento Social Rafael Lana na sede da prefeitura. Na oportunidade, eles alinhavaram algumas questões centrais do município que serão apresentadas no Fórum Regional. A reunião, que contará com a pre­sença do governador Fernando Pimentel está marcada para o dia 26 de outubro.

Pedro Leão se disse impressionado com a pauta de desenvolvimento do Executivo de Lafaiete e em relação ao trabalho em busca de um novo horizonte de negócios para a cidade. O subsecretário apresentou um projeto para transformar o campo das vertentes no Polo Nacional de Artesanato, além de conferir ao município o APL da equinocultura.  O APL é composto por um conjunto de empresas de um segmento produtivo, localizadas na mesma re­gião, trabalhando de forma cooperada e sinérgica. O ato simboliza o reconhecimento, por parte do estado, da importância do setor para a economia local. Minas Gerais possui, atualmente, 40 APLs de outros setores como gemas,  joias, calçados, móveis e fruticultura re­conhecidos em todo o estado.

Segundo o subsecretário, o documento auxilia, por exemplo, na compra de matérias primas, maquinário e na transação comercial. "Quando se tem um ramo importante como esse se desenvolvendo, gerando emprego, auxiliando no crescimento do turismo local, há também geração de renda para cidade, que significa mais emprego e uma vida melhor", ressaltou. Pedro Leão destacou que o reconhecimento é o verdadeiro fator de transformação do nosso setor em um polo organizado e forte, sendo assim, capaz de, efetivamente, gerar valor e, com isso, aumentar a competitividade no mercado. "Também é importante para a definição de políticas públicas adequadas à realidade local", acrescentou.

Distrito Industrial

Entre as demandas do município, Dylan ressaltou a necessidade de municipalização do Distrito Industrial. Ele informou sobre as tratativas já avançadas por intermédio do deputado estadual Glaycon Franco (PV). O secretário solicitou que a questão, por já se encontrar bastante encaminhada seja abordada também durante o Fórum Regional.

Também ficou acertado que no dia 11, ha­verá uma reunião para realizar o pré-cadastro dos artesãos das cidades vizinhas e de Lafaiete. A medida já visa o mutirão do Artesanato, também previsto para o dia 26 de outubro junto ao Fórum Permanente das Micro e Pequenas Empresas.       


Notícia enviada por Rafaela Melo, no dia 09/08/2017




Comente esta Notícia

Galerias

Família Meireles se dedica a manter tradição viva e não deixar silenciar o som das Violas de Queluz

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro