Região


Obra faraônica, que virou elefante branco, já consumiu cerca de R$12 milhões



No momento em que viveu seu apogeu financeiro, a prefeitura de Jeceaba iniciou uma obra faraônica. A intenção era construir um centro administrativo inspirado no projeto de Oscar Niemeyer, em Belo Horizonte. A construção foi iniciada no governo de Júlio Reis, mas foi entregue como um verdadeiro elefante branco ao seu sucessor, Fábio Vasconcelos.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 8 de julho.


Escrito por Rafaela Melo, no dia 07/07/2017