Opinião

Confira o artigo desta semana: Visão Espírita sobre o suicídio

"A religião, a moral, todas as filosofias condenam o suicídio como contrário às leis da natureza. Todas nos dizem, em princípio, que ninguém tem o direito de abreviar voluntariamente a vida. Entretanto, por que não se tem esse direito? Por que não é livre o homem de pôr termo aos seus sofrimentos? Ao Espiritismo estava reservado demonstrar, pelo exemplo dos que sucumbiram, que o suicídio não é uma falta, somente por constituir in­fração de uma lei moral, consideração de pouco peso para certos indivíduos, mas também um ato equivocado, pois que nada ganha quem o pratica, antes o contrário é o que se dá, como no-lo ensinam, não a teoria, porém os fatos que ele nos põe sob as vistas". Allan Kardec

  Ainda ignorada por esmagadora maioria da população, a Doutrina Espírita é vista como necromancia e focada essencialmente na vida após a morte. Em parte estão corretos os que assim pensam, pois em princípio os postulados básicos do Espiritismo cuidam da relação dos Espíritos com aquilo que chamamos mundo material. O que se ignora que a resultante desta relação é proporcionar àqueles que estão encarnados "vivos" melhores condições de vida através do conhecimento que nos é ofertado pelo contato com os que vivem na dimensão espiritual, os "mortos", pois são eles mesmos quem vêm nos contar acerca dos dramas que vivenciaram após a morte do cor­po físico, dando-nos uma perspectiva do que nos espera segundo nossas obras aqui na Terra.

 Portanto é um equívoco dizer-se: "Nunca ninguém voltou para contar" um erro crasso resultante da ignorância extremada que acomete nossa sociedade materialista acerca da verdade. Aos Cristãos em especial relembramos as palavras do Apóstolo da Gentilidade em sua primeira carta aos Coríntios: "Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé". Conclui-se racionalmente que Paulo atesta que a crença na vida após a morte é ponto basilar da fé Cristã, a mensagem do Cristo é de VIDA e não de morte.

Precisamos retirar Jesus da Cruz e colocá-lo em nossos corações. A mensagem final que Ele nos deixou é que somos espíritos imortais quando se apresenta aos discípulos após o infame evento do madeiro ignomioso no gólgota!

  Sim meus irmãos, não somente o Cristo, mas muitos seres que viveram aqui voltaram para contar o que ocorre após a morte do corpo, existe uma literatura Espírita e não espírita -inclusive científica- extremamente rica sobre tais relatos, mas não temos nos dado ao trabalho de conhecer esta verdade que há de nos libertar. E o que dizem àqueles que julgaram acabar com seus problemas exterminando a vida do corpo? Deixo-vos com um daqueles que voltaram para contar: "Tereis piedade de um pobre miserável que passa de há muito por cruéis torturas?! Oh! o vácuo... o Espaço... despenho-me... caio... morro... Acudam-me! Deus, eu tive uma existência tão miserável... Sofri fome muitas vezes na velhice; e foi por isso que me habituei a bebe... Quis morrer, e atirei-me... Ó meu Deus! Que momento! E para que tal desejo, quando o termo estava tão próximo? Orai, para que eu não veja incessantemente este vácuo debaixo de mim... Vou despedaçar-me de encontro a essas pedras! Eu vo-lo suplico, a vós que conheceis as misérias dos que não mais pertencem a esse mundo".

  Portanto o suicídio como tentativa desesperada de acabar com os problemas da vida, resultará SEMPRE em desapontamento segundo aqueles que voltaram para contar. O Suicídio, assim pensamos, é resultante da ignorância das Leis divinas que leva a sociedade a adotar um pensamento materialista. Sendo assim só há um antídoto para exterminarmos este mal que assola nossa sociedade, a instrução que levará fatalmente a Educação moral que culminará na libertação pelo conhecimento da Verdade magna das Leis Divinas, a VIDA ETERNA! Pois Cristo veio para que tenhamos VIDA, VIDA em abundância.


Gustavo Ramalho

Colaborador da Aliança Municipal Espírita

ramalho1857@gmail.com


Notícia enviada por Rafaela Melo, no dia 10/05/2017




Comente esta Notícia

Galerias

Contra a fome, entidades mobilizam exército de voluntários em Lafaiete

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro