Comunidade


Envenenamento de gatos em Lafaiete causa dor e revolta



O envenenamento de uma gata, que es­tava prenhe, no bairro Queluz (região central), causou revolta nos moradores. Indignadas com a situação, a cabeleireira Ana Beatriz Beato Armond, de 36 anos, e a escritora, Cláudia dos Santos Guimarães, 49 anos, entraram em contato com a nossa Reportagem e chamaram a atenção para outros casos.  Ana relatou que cuidava de dois felinos. Segundo ela, tratava-se de uma gata, que se encontrava prenhe, e um macho, que estava doente. Desde pequena, ela sempre teve algum animal de estimação e estava cuidando dos dois gatinhos, há três ou quatro meses, depois que apareceram em sua casa. "Eram quase filhotes e, então, colocamos eles dentro da nossa varanda. Quero deixar claro que eles se alimentavam dentro da minha casa. Co­locava, água, ração e cama para eles dormirem", ressalta.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 01 de abril




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 31/03/2017


Comente esta Notícia