Saúde

Com quase 3 mil casos, Lafaiete investiga três mortes por dengue

O período chuvoso representa um alerta contra um inimigo que, a cada dia, ganha mais força: o mosquito Aedes aegypti. Conhecido como transmissor da dengue, o inseto tem feito um grande estrago em todo o país. Conforme divulgou o Jornal CORREIO, em outubro, Lafaiete registrou o seu recorde histórico de casos prováveis de dengue (2.954 notificações até o dia 24 de outubro e uma morte). Especialistas alertam que a população precisa ficar ainda mais atenta para evitar a proliferação da dengue, em decorrência da elevação dos focos de água parada. Até o fechamento desta edição, três casos de morte com suspeita de dengue eram apurados em Lafaiete.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 10 de dezembro de 2016



Notícia enviada por Rafaela Melo, no dia 09/12/2016




Comente esta Notícia

Galerias

Família Meireles se dedica a manter tradição viva e não deixar silenciar o som das Violas de Queluz

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro