Comunidade


Pente-fino pega empresários de Lafaiete, Ouro Branco e Congonhas fraudando o Bolsa Família



Aplaudido por uns, questionado por outros, o programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), foi submetido ao maior pente-fino já realizado em toda a história. Uma investigação do Ministério Público Federal (MPF) culminou com a detecção de inconsistências em 1,1 milhão dos cerca de 13,9 milhões de benefícios pagos pelo governo federal. Só na região, as 19 cidades conta com 388 perfis suspeitos, que somaram a vultosa quantia de R$1.113.230,00 sob suspeita, pagos a empresários, familiares de falecidos, doadores de campanha que doaram valores superiores ao benefício e servidores públicos fora das condições estabelecidas pelo programa.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 19 de novembro de 2016




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 18/11/2016


Comente esta Notícia