Boa madrugada - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014 - Agora são: 00:24:54 Você esta aqui : Home - Comunidade
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Comunidade

Pedindo paz, lafaietenses estendem bandeira branca aos pés do Cristo

E-mail Imprimir PDF

O domingo de Páscoa foi marcado por um pedido de paz em Lafaiete. Por volta das 16h, de hoje, dia 20/04, uma grande bandeira branca foi estendida na Praça do Cristo. Segundo os organizadores, o objetivo é que todos que vejam a bandeira façam uma reflexão pessoal sobre o que tem feito pela Paz.

 

Com a superlotação do presídio, Apac é a alternativa para recuperar detentos

E-mail Imprimir PDF

Operando com quase o triplo da capacidade, o presídio de Lafaiete enfrenta um grave problema de superlotação. Atualmente, a unidade possui 320 presos, o que equivale a uma média de 3,2 por vaga. A informação foi divulgada pelo juiz de Direito da 2ª Vara Criminal e de Execuções Penais, Paulo Roberto da Silva, que afirmou que providências estão sendo tomadas para reduzir essa média da população carcerária, por meio de revisões de processos, transferindo presos pertencentes a outras comarcas, os que querem sair daqui e os de mau comportamento. Uma das alternativas encontradas pela segurança pública é a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), que, além de reduzir o número de detentos no presídio, ainda busca a recuperação dos mesmos.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 19 de abril de 2014.

 

Lotes vagos: Meio Ambiente bate recorde de notificações

E-mail Imprimir PDF

Um trabalho intensificado nos últimos meses pelo Departamento de Meio Ambiente tem mostrado que manter lotes sem a devida manutenção em Lafaiete pode custar caro: mais especificamente, R$930. De acordo com o fiscal do setor, Marcelo Maciel, em menos de 16 meses da atual gestão, 600 proprietários de lotes foram notificados para executar a limpeza de áreas denunciadas - 100 apenas em abril. O trabalho do setor tem sido guiado por demandas de moradores, que registram o protocolo de reclamações na PMCL: “Primeiro localizamos o dono do lote, notificamos e damos um prazo, geralmente de 10 a 15 dias. Caso essa pessoa não limpe o lote, podemos aplicar uma multa administrativa, que seria em torno 10 UFMs [Unidades Fiscais do Município] de 93 reais. O valor só é cobrado caso a limpeza não seja feita. E diante do descumprimento, vamos aplicar a Lei 5.106, que determina que a Prefeitura mande executar a limpeza e cobre 3 UFMs dele”, assegura.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 19 de abril de 2014.

 
Página 2 de 669
Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria mais chamou a sua atenção?
 

Enquete 2

Que avaliação você faz do primeiro ano do governo Ivar?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 134 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 6153601

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORES: Juliana Monteiro / Camila Viana PAGINAÇÃO GRÁFICA: Rafael Souza / Sérgio Luna Martins REPORTAGEM: Frances Santana PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade / Sérgio Luiz Peixoto COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Nathaniel Rodrigues / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade/ Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 22 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 22 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.

feed-image Fique por dentro!