Colunas


Dentista desmistifica as principais causas do mau hálito e as melhores formas de combatê-lo



A halitose é uma condição ou alteração do hálito, sendo caracterizada por um odor desagradável emitido pela boca.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é considerada um problema de saúde, visto que afeta cerca de 40% da população mundial.

De acordo com o dentistas Marcelo Augusto Barros de Albuquerque e Honorica Andrade Pires,  a causa da halitose pode ser classificada da seguinte forma, em 95% dos casos o hálito desagradável tem como origem problemas exclusivos da boca, e apenas 5% dos casos a origem é sistêmica, ou seja, o hálito desagradável é causado por alguma alteração em um outro órgão.

"O tratamento da halitose no consultório odontológico consiste na eliminação das cáries e doenças gengivais, instruções de higiene oral e limpeza de 6 em 6 meses", explicam.

 Mas,  o controle em casa também é de extrema importância para a manutenção do controle da doença, e consiste, no uso sistemático da escova dental, fio dental:  "Além da higienização dos dentes, a limpeza da língua e bochechas é primordial para um bom resultado no tratamento".

 Ainda de acordo com Marcelo e Honorica, o mau hálito é um vilão na sociedade causando desconforto e constrangimento social, sendo assim, um limitador da qualidade de vida e da autoestima, porém, o controle é simples e, se o paciente seguir todas as orientações descritas acima, ele terá um hálito agradável e uma vida social plena.

Confira na próxima  reportagem os mitos e verdades sobre mau  hálito

Serviço:

Class Odontologia Estética

Marcelo Augusto Barros de Albuquerque

Rua Coronel Albino 202 - Fonte Grande ( Próximo ao Hotel Meri)

Telefone: 4114-1196

whatsApp 99544-1805


Escrito por Marcelo Augusto, no dia 07/10/2019