Colunas


Carijós: fogo em pneus gera incômodos



Um hábito que tem se tornado rotina em Lafaiete causa cada vez mais transtornos ? especialmente em dias como este, de calor de tempo seco: as queimadas. Um dos casos que teria causado mais incômodo foi registrado no fim do mês de agosto, em um trecho do bairro Carijós (região sudoeste) que margeia a BR-040: ?Entre os dias 27 e 31 de agosto, sofremos muito com as queimadas. Um irresponsável qualquer colocou fogo em pneus em um terreno, próximo ao ferro velho. O cheiro ficou muito forte, provocando dores de cabeça e irritação na garganta de pessoas dessa vizinhança. A gente sabe que pneu queimado tem uma química que faz mal. Então, ficamos mesmo preocupados. Para piorar, voltaram a colocar fogo em setembro. Pedimos às pessoas que tenham mais consciência. Os bombeiros estão passando aperto com essa situação e as pessoas já não aguentam mais?, reclama.

 

Ferro Velho São Jorge responde

O incêndio que ocorreu no terreno ao lado do Ferro Velho causou grandes transtornos e desconfortos para todos da redondeza,principalmente para nós que estamos perto.Ligamos diversas vezes para os Bombeiros, que nos falaram para monitorarmos o fogo, pois no momento todas as viaturas estavam empenhadas em outras ocorrências.Os comerciantes, na tentativa de diminuir o desconforto, que permaneceu durante dias, carregaram água no balde e tambores para tentar apagar o fogo, mas sem sucesso.

Gostaríamos que as denúncias fossem apuradas para que este irresponsável fosse, realmente, punido. Inclusive, a Polícia do Meio Am­biente esteve em nosso estabelecimento depois de denúncias e, os depois de vistoriarem o local, não foi constatada nenhuma irregularidade. Nossa empresa trabalha há mais de 40 anos no ramo da reciclagem, seguindo todas as normas de segurança para proteger o meio ambiente.

A nota é assinada por JG Felix.


Incêndios: Prefeitura esclarece

?A Defesa Civil Municipal, juntamente com outras entidades, vem realizando a campanha Operação Alerta Verde, que começou com uma blitz educativa no dia 15/09, em frente a agência do Banco do Brasil. Também estamos começando a campanha nas escolas. Em casos como este, citado pelo denunciante, infelizmente, fica difícil de tomar alguma providência se não tiver o flagrante. Estamos trabalhando para educar as pessoas sobre os riscos das queimadas. O trabalho de conscientização, hoje, é o mais importante?. A nota é assinada pelo gerente da Defesa Civil Municipal, Carlos Alberto de Oliveira.


Escrito por Denúncia, no dia 09/10/2017