Denúncia


Leitor denuncia destruição da Geraldo Plaza



Cansado de ver o resultado curto e ineficiente das operaes tapa-buracos, um leitor enviou um e-mail cobrando providncias do poder pblico e de empresas que operam no local: ?A avenida Geraldo Plaza, que corta vrios bairros, Paulo VI e Amaro Ribeiro (zona sul), est em estado de calamidade, desde o km 0 at o 4.000. As empresas GHB, CHB e WLE esto destruindo a avenida. Isso debaixo dos nossos olhos e contando com o descaso   da prefeitura. A gente convive com barro, poeira gerados pelas obras, alm de muitos buracos. Isso no est certo. Algo precisa ser feito urgentemente?, reclama.

GHB afirma que est trabalhando pela melhoria da rua

Em resposta ao ofcio enviado pelo Jornal CORREIO, a GHB informou que ?a empresa no contribui para os danos que esto sendo causados na avenida Geraldo Plaza, ao contrrio disso trabalha pela melhoria do bairro. Por meio de uma parceria e autorizao da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete, a GHB forneceu caminhes e mquinas para o servio de ampliao da avenida, pois a mesma se encontrava em risco de desabamento. Alm disso, forneceu servios de conteno nos taludes de aterro atravs de hidrossemeadura, material frezado de asfalto para manuteno das laterais da pista, e tambm manilhas para escoamento das guas pluviais. Portanto, diante das melhorias realizadas para a populao local, a GHB se exime de qualquer responsabilidade relacionada destruio na avenida nesses Kms relatados pelo leitor?.

WLE joga a responsabilidade para a administrao pblica

Tambm citada na denncia sobre a avenida Geraldo Plaza, a WLE enviou uma nota: ?Apenas para deixar as coisas bem claras, a avenida alvo de denncia no recebe manuteno h anos, o que explica a m administrao pblica. Vamos aos fatos: o motivo da via estar destruda no pode ser em funo das empresas da construo civil. Fosse assim, Lafaiete estaria com todas as ruas destrudas, porque basta andar pela cidade, que se v construo civil em quase todas as vias e as construes so iguais, utilizam os mesmos transportes, equipamentos etc. Ento no se deve denunciar e dar nome, sem antes  fundamentar as causas dos danos ocorridos nas vias?.

O Jornal tambm enviou ofcio a CHB, mas no obteve resposta at o fechamento desta coluna.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Denúncia, no dia 22/12/2016




Comente esta Coluna