Educação


Discussões políticas com alunos



comum ouvir colegas discutindo sobre poltica na sala dos professores, mas parece que a maioria evita esse tipo de conversa. Muitos buscam uma postura de neutralidade, bem prpria daquela formao moral e cvica recebida na ditadura militar, de patriotismo submisso e silenciado. E essa postura poltica alienada, com frequncia, adotada nas salas de aula.

Raramente vemos professores fazendo discusses polticas com seus alunos. Muitos dizem que esto ali para transmitir contedos, e no discutir ideias. nisso que somos tacanhos. Uns acham que poltica assunto de adulto e no deveria ser tratado com adolescentes.  Outros assumem, simplesmente, uma postura poltica fantica e intransigente e no querem 'perder tempo' ouvindo ideias divergentes. H os que acham que adolescentes no tm opinio sobre assuntos polticos e que sempre so contra qualquer sistema.

Pior postura aquela dos docentes que colocaram na cabea que escola no lugar para discusses polticas, ou que, no mximo, isso cabe a professores de Histria e Sociologia. Ser que Stephen Hawking, o famoso fsico contemporneo que acaba de anunciar seu apoio milionrio a um projeto que pretende enviar naves do tamanho de um chip a viagens interestelares, no chamado Destino Alfa Centauri, tomou essa deciso apenas movido  por princpios e razes da Fsica como cincia? Evidentemente que no. Esse um baita projeto cidado poltico-cientfico.

esquisita essa atitude de averso e recusa de professores em fazer discusses polticas com seus alunos. Ainda que a tendncia mais natural seja a criao de animosidades dentro das salas de aulas por causa das polarizaes extremas do contra e do a favor, o professor precisa aprender a dar conta de fazer a gesto das discusses, chamando os alunos a reflexes de que os dois lados precisam, como a questo da tica na poltica, por exemplo. Hoje, algo grave.

Infelizmente, no ocorrem nas escolas boas discusses interdisciplinares. Estamos passando por um momento da vida poltica brasileira que justificaria intensos debates nos auditrios das escolas, orientados por professores de reas afins e no afins com duas classes, pelo menos.  Os alunos precisam ser desafiados a pensar, coletivamente, acerca da cidadania construda no Brasil, nos ltimos anos e o tipo de cidadania que eles esto praticando. Uma das grandes falhas do modelo escolar clssico formar o aluno para se pensar sempre no futuro, enquanto o presente histrico deles fica merc, deriva e totalmente alienado. Essa coisa de formar o aluno para uma hipottica e, talvez, possvel futura cidadania um dos piores procedimentos da escola. Temos construdo alienaes coletivas irreparveis, sobremaneira no ensino mdio, ao reduzir a cidadania dos alunos a treinamento para o Enem. Simplesmente lamentvel!

Muitos alunos das duas ltimas turmas de 3 ano do ensino mdio com que trabalhei me rejeitaram fortemente, porque inclu um captulo sobre ideologia, por sentir que havia a lacuna desse estudo na apostila deles. Enquanto eu via a necessidade de eles dominarem os conceitos de ideologia de direita, de centro e de esquerda, analisarem a origem deles e o impacto social que provocaram a partir da Revoluo Francesa e das anlises de Karl Marx, muitos me perguntavam para que aquilo, se no estava na apostila e no caa no Enem. Eles no percebiam, mas esse contedo est, sim, no Enem, s que de forma aplicada associao com outros conceitos, ou de forma implcita. Por pouco pediram minha cabea ano passado. Hoje devem estar acompanhando a poltica nacional e entendendo onde esto os embates e enfrentamentos ideolgicos se aprenderam o que ensinei - mesmo a contragosto deles.

Os professores precisam fazer discusses polticas com seus alunos para muito alm do objetivo de trein-los para avaliaes oficiais. No o Enem que vai definir e formar a cidadania deles.  Muitos s reconhecem isso depois que passam por ns. Outros continuam alienados imagem e semelhana de um modelo escolar que forma para a cidadania e no na cidadania. isso! (risos).

Jos Antnio dos Santos

Mestre pela UFSJ

Contato: joseantonio281@hotmail.com



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Educação, no dia 09/05/2016




Comente esta Coluna