Terça, 14 de Julho de 2020
Frei Tibúrcio


Frei Tibúrcio 1521




Danou
A confirmação do primeiro caso de Codiv-19 em Lafaiete, anunciada na quinta-feira, dia 16, pelo prefeito Mário Furacão Marcus (DEM), joga um balde de água fria nas pretensões das entidades do comércio local – Acias, CDL-CL e Sindcomérico – de reivindicar a reabertura gradual deste segmento.


Que coisa
Em sua fala, Mário deixou claro que não vai liberar a abertura do comércio se o governo do Estado e o Ministério Público não apoiarem a iniciativa, que se agrava com o surgimento do primeiro caso de coronavírus na cidade. Furacão considera preocupante a situação do comércio de Lafaiete – o maior empregador do município – mas não se sente seguro para autorizar, sozinho, a reabertura das lojas.


Queda
Com praticamente todas as lojas fechadas e os comerciantes desesperados, com as contas batendo à porta, já há quem anuncie que o único caminho deve ser as demissões. Por conta disso, os empresários, segundo as entidades do setor, não aguentam dois meses fechados e sem receber nada.


Previsões
Previsões mais otimistas apontam para o retorno gradual do comércio em meados de junho, podendo vir antes, desde que as contaminações e mortes pela Codiv-19 diminuam consideravelmente. Contra essa expectativa, pesa a chegada das estações frias, que ajudam a espalhar o vírus e o contágio.


Em 2021
Chegou no genuflexório da coluna a informação de que as eleições municipais de 2020 devem ser prorrogadas para 2021 ou provavelmente 2022, para casarem com os arranca-rabos de governador, deputados, senadores e presidente da República.


Nas escolas
As autoridades municipais trabalham com a possibilidade do retorno presencial às aulas, nas escolas municipais, estaduais e particulares, provavelmente em julho, mês considerado chave para o desenrolar do nó criado pela Codiv 19 e a volta ao normal por parte da população. Até lá, segundo apurou a coluna, é chover no molhado estabelecer datas para a volta às aulas.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 24/04/2020

Frei Tibúrcio


-


Comente esta Coluna