Frei Tibúrcio


Frei 1448/2018



Luta
Com quase R$30 milhes para receber do nauseabundo governo de Fernando Pimentel, o alcaide Mrio Furaco Marcus se vira como pode para honrar os compromissos da prefeitura de Lafaiete. S em dezembro, o municpio ter que pagar, de vencimentos de novembro mais 13 salrio, a bagatela de R$14 milhes.   

Guerra
Desde agosto que a PMCL vem fazendo uma verdadeira engenharia para conseguir honrar seus compromissos. Assim que os repasses do governo estadual comearam a ficar retidos, Furaco declarou economia de guerra no municpio. Ainda assim, uma das poucas cidades de Minas Gerais a conseguir pagar em dia suas contas.    

Mal-entendido
Ao se reunir com um grupo de amigos, que lhe prestaram solidariedade, o professor Wilson Rubens Tonholo de Rezende disse que tudo o que ocorreu, que culminou com sua priso sob acusao de importunao sexual, no passou de um grande e constrangedor mal-entendido. Segundo consta, sua defesa j est trabalhando no processo e, em breve, dar novas verses sobre o complicado acontecimento.   

Caos
 Wilson tem conscincia de que sua vida foi virada de cabea para baixo e acabou condenado pela sociedade. No entanto, conforme afirmou para seus amigos, lutar para recuperar sua vida, seu trabalho e sua histria.   

Carnificina
impressionante como uma rodovia privatizada e que, em tese, deveria ser sinnimo de segurana e conforto, continua matando diariamente. Ns, que acompanhamos essa temvel, nauseabunda e mortal estrada desde a dcada de 80, chegamos triste constatao de que ela deveria ser interditada pelo Poder Judicirio.   

Duplicao
No d mais para conviver com esta situao e a duplicao, com divisrias de pista, torna-se imprescindvel e inadivel. Das duas, uma: ou se duplica esses 66 km de Lafaiete at o trevo de Ouro Preto, ou fecha-se, de uma vez por todas, essa estrada. A carnificina, caros leitores, precisa acabar, doa a quem doer e custe o que custar. Al, Justia! Al, Ministrio Pblico! Cad vocs?



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 23/11/2018

Frei Tibúrcio


-


Comente esta Coluna