Colunas


Frei 1437/2018



Alvo
Enquanto as autoridades continuarem culpando a imprensa pela escalada da violência na cidade, nós vamos continuar ex­portando crimes, criminosos, incêndios e afins. Vamos continuar a receber as visitas da Rede Globo de Televisão, do SBT Al­terosa e da Rede Record. Será que essas redes de TV também são responsáveis pela violência que rouba, destrói e humilha os lafaietenses?

Sintomas
Enquanto não se combater firmemente as causas da violência e a impunidade, vamos continuar exportando criminosos, violência e afins. Quando autoridades sentam-se numa mesa para discutir criminalidade e alguns insistem em pôr a culpa nos meios de comunicação, o melhor caminho é mudar de cidade. É exatamente isso o que está acontecendo em Lafaiete.

Em 1978
O último deputado federal com base eleitoral em Lafaiete a ser eleito com os votos desta plaga foi João Nogueira de Rezende, em 1978. Portanto, há exatos 40 anos. Tá na hora de voltarmos em grande estilo ao Congresso Nacional. O problema é combinar isso com os sete (pasmem) candidatos. São eles: Antônio Kadar, Ca­pitão César, Edie Rezende, Elaine Ma­tozinhos, Elisa Lopes, Marco Antônio Reis Carvalho e Manoel Vespúcio.

Foguetes
Mesmo sem a autorização do edil Fernando Bandeira, que é contra a soltura de fogos de artifício na cidade, este politiqueiro escriba solta um foguete de três estalos para o vereador Oswaldo Barbosa. Sozinho, na dele, e sem muito alarde, vem chegando junto em temas polêmicos e buscando soluções simples e sem recursos, como é o caso da exploração sexual de crianças e adolescentes. Salve, salve, Oswaldo.

Farra dos mercados
O simpático edil Sandro José mostra-se bastante preocupado com a proliferação das grandes redes de supermercados na cidade e a consequente deterioração das pequenas lojas com sede há anos em Lafaiete. Segundo ele, as grandes redes vão dividir ainda mais os poucos consumidores, provocando um prejuízo terrível aos pequenos comércios e mais de­semprego.


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 14/09/2018