Pesca

Cinquentões fazem a festa no Paracatu com os grandes piaus

Foi realizada mais uma pescaria com a turma dos ?Cinquentões? no rancho ?Cinco Amigos?, no rio Paracatu. Já está virando tradição, já que esta foi a terceira vez consecutiva - sempre no mês de maio. Desta vez, estiveram presentes os já veteranos Diógenes, Mica, Magela, Haroldo e Barão, além dos estreantes Paulinho Sacola e Chico.
Viagem tranquila, turma muito boa, cerveja e tira-gosto à vontade, além da boa cachaça para quem gosta. Chegamos na segunda-feira, dia 15, e encontramos o rio já vazando, com água quase limpa e com as praias já começando a aparecer. Estávamos em plena lua nova, o que, para muitos pescadores, é o pior período do mês.
Como o nível da água ainda está permitindo boa navegação, resolvi subir até as proximidades do rio do Sono, já que, nos dois anos anteriores, isso não foi possível. Pescando com vara de mão, consegui bons exemplares de matrinchãs, piaus e pacus, além de algumas linhas quebradas devido a dificuldade de se pescar em locais de grandes corredeiras.
Não fiquei satisfeito com o fato de não conseguir controlar os peixes maiores, devido a impossibilidade de pescar com molinete ou carretilha, por não conseguir apoitar o barco em fundo de cascalho e águas muito correntes. Por este motivo, na quinta-feira, 17 de maio, resolvi retornar ao local. Após bastante procura, consegui um local adequado para usar o ?tratador? e pescar no sistema de ?rodadinha?.
Aí sim, foi briga de gente grande! Consegui fisgar e embarcar piaus com mais de 50cm de comprimento e 2 kg, além de outros que conseguiram se embrenhar nos enroscos, algo típico da artimanha dos piaus, que quando se sentem fisgados, geralmente procuram um local onde possam encontrar alguma estrutura que lhes permitam escapar do anzol.
Sei que existem piaus muito maiores, mas, na região, desde que temos o rancho por lá, ainda não tinha nem visto, nem capturado iguais àqueles. Os companheiros que pescaram de barranco próximo ao rancho capturaram matrinchãs, mandis e muitos piaus três pintas, que, aliás estão infestando o rio, juntamente com os pacus. Destaque negativo para as curimbas, que andaram sumidas. Somente o Mica conseguiu fisgar duas.
Merece destaque, ainda, a forte chuva que caiu na noite de sábado. Choveu muito por mais de 6h, enchendo a estrada de grandes poças, que tivemos que enfrentar, já que retornamos no domingo. Esta chuva é completamente fora do normal para a época, mas é sempre bem-vinda, por se tratar de uma região muito seca, onde chove pouco. Nos despedimos já com o pensamento de podermos estar presentes no próximo ano, aproveitando aquilo que pudermos de melhor, enquanto a vida permitir.

Ronaldo de Oliveira
Proprietário da loja Rei do Rio
reidorioronaldo@gmail.com


Coluna enviada no dia 07/06/2018




Comente esta coluna

Galerias

Adjan Ela & Casa realiza a terceira edição do Dia da Noiva

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro